top of page
Search

“My Heart is my Own” 🇵🇹Romance….fruto proibido?🇬🇧Romance…. Forbidden fruit?

🇵🇹Esta sou eu ! E ergo a minha bandeira, um coração romântico que desafia o convencional, que recusa aceitar limitações impostas pelas correntes da norma. Busco o Romantismo como um fruto proibido, uma paixão e um desejo de viver intensamente cada momento.

Em todas as encarnações, a minha alma tem sido uma eterna buscadora, guiada pelo anseio de liberdade, pela melodia da paixão que ecoa no meu coração. Este caminho, repleto de escolhas audaciosas, já me custou a vida, mas não posso ser senão fiel ao que pulsa nas minhas entranhas.

Sou uma Romântica incurável, uma artista das emoções, uma contadora de histórias apaixonadas. Esta é a minha natureza, e recuso-me a ser outra coisa. É um caminho que me permite seguir as batidas do meu coração, amar quem a minha alma escolhe, fazer o que a minha intuição dita. Vejo beleza e magia no quotidiano, abraço os milagres sem hesitar, como se fossem folhas de um guião escrito pelas estrelas.

Neste mundo de céticos, onde o pragmatismo muitas vezes reina, sou a guardiã da crença de que a vida pode ser um filme romântico. Prefiro ser a protagonista do meu próprio filme, mesmo que isso signifique correr riscos, mesmo que às vezes eu caia e chore, mesmo que o desânimo bata à porta. Pois, no final, apesar das críticas e das incertezas, continuo a acreditar que esta é a minha escolha, e é assim que desejo seguir.

Somos todos heróis e heroínas das nossas próprias histórias, e eu escolho abraçar o Romantismo como meu guia.

Desejo que a vida seja uma tela em branco onde possamos pintar com as cores que escolhemos, onde cada dia seja uma página de um livro de amor, onde a ousadia de amar e viver intensamente seja a nossa canção que fala de paixão e desejo, ou um poema de Amor.

Que o caminho continue, porque ser Romântico é desafiar o convencional e ousar viver a vida com as nossas próprias leis.

Com amor,

Marta


🇬🇧This is me! And I raise my flag, a romantic heart that challenges the conventional, that refuses to accept limitations imposed by the currents of the norm. I seek Romanticism as a forbidden fruit, a passion and a desire to live each moment intensely.

In all incarnations, my soul has been an eternal seeker, guided by the yearning for freedom, by the melody of passion that echos in my heart. This path, full of audacious choices, has already cost me my life, but I can only be faithful to what pulsates in my bowels.

I'm an incurable Romantic, an artist of emotions, a passionate storyteller. This is my nature, and I refuse to be anything else. It is a path that allows me to follow the beats of my heart, to love who my soul chooses, to do what my intuition dictates. I see beauty and magic in everyday life, I embrace miracles without hesitation, as if they were sheets of a script written by the stars.

In this world of sceptics, where pragmatism often reigns, I am the guardian of the belief that life can be a romantic movie. I prefer to be the protagonist of my own film, even if it means taking risks, even if sometimes I fall and cry, even if discouragement knocks on the door. Because in the end, despite the criticism and uncertainties, I still believe that this is my choice, and that's how I want to continue.

We are all heroes and heroines of our own stories, and I choose to embrace Romanticism as my guide.

I want life to be a blank canvas where we can paint with the colours we choose, where each day is a page of a book of love, where the boldness to love and live intensely is our song that speaks of passion and desire, or a poem of Love.

May the path continue, because being Romantic is to challenge the conventional and dare to live life with our own laws.

With love,

Marta

1 view0 comments

Comments


bottom of page